22 de mai de 2012

Maioria dos micro-ondas é jogada fora por estética e polui, diz estudo



Mais da metade dos fornos de micro-ondas descartados no Reino Unido são jogados fora por razões estéticas. A estimativa é de uma pesquisa da Universidade de Manchester, publicada nesta semana pela revista científica “Journal of Cleaner Production”.
O lixo eletrônico é um problema ambiental crescente. Em todo o mundo, o descarte de aparelhos soma entre 20 milhões e 50 milhões de toneladas de lixo a cada ano, e o número cresce na taxa de 4% por ano.
Os pesquisadores avaliaram 189 micro-ondas que estavam em centros de recolhimento de lixo. Destes, 54% tinham sido jogados fora sem nenhum defeito grave, e provavelmente teriam sido descartados por questões estéticas.
Ao todo, 85% dos aparelhos analisados poderiam ser consertados sem problemas, e algumas das falhas apresentadas poderiam ter sido evitadas com pequenas mudanças no projeto inicial.
Segundo Azadeh Dindarian, autora do estudo, o resultado mostra que a maioria dos produtos de linha branca que vão para o lixo ainda tinham uso, e que faltam rotas alternativas para reaproveitá-los. Em breve, a equipe pretende fazer estudos semelhantes com máquinas de lavar e geladeiras. 
Fonte: Globo Natureza
Related Posts with Thumbnails