16 de abr de 2012

Indústrias do ABCD são as que mais poluem o rio Tietê, aponta Cetesb


Aspecto da poluição que toma conta do rio Tietê; indústrias do ABCD são os maiores poluidores
Aspecto da poluição que toma conta do rio Tietê; indústrias do ABCD são os maiores poluidores

Luiz Carlos Murauskas-4.jan.1991/Folhapress


As indústrias do ABCD paulista foram apontadas pela Cetesb (Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental) como as principais poluidoras do rio Tietê. Elas despejam 46,4% do total do esgoto "pesado" que o rio recebe todo dia.

Diariamente, elas lançam cerca de 1,5 tonelada por dia de efluentes inorgânicos sem tratamento no Tietê, de um total de 3,2 toneladas de poluentes despejados no rio.

Segundo a Cetesb, material inorgânico são os metais, pesados ou não, e produtos químicos resultantes de processos industriais. A poluição chega ao Tietê através do rio Tamanduateí, que atravessa três cidades da região.

Ainda segundo a Cetesb, o ABCD ocupa a segunda colocação no despejo de carga orgânica sem tratamento. Por dia, essas indústrias despejam 27,8% das 320,8 toneladas que chegam ao rio.

Seis das 10 principais indústrias lançadoras de carga inorgânica sem tratamento no Tietê ficam não ABCD. A Globo S.A. Tintas e Pigmentos, de Mauá, lidera a lista. Em quarto lugar, está a divisão Ford da Autolatina, em São Bernardo, seguida pela Aweta Produtos Químicos, de Diadema, e pela Brastemp, também em São Bernardo.

As empresas dizem que os dados da estatal estão desatualizados e que elas estão desenvolvendo projetos de controle de emissão de detritos industriais desde o ano passado.

O ranking das empresas poluidoras foi divulgado ontem. No geral, a Cetesb controla 1.224 indústrias na região metropolitana, sendo que 253 ficam no ABCD. 

Fonte: Folha.com
Related Posts with Thumbnails