29 de jun de 2010

São Paulo vai classificar municípios de acordo com a saturação da qualidade do ar


O Conselho Estadual do Meio Ambiente de São Paulo, Consema, aprovou a proposta de classificação de saturação da qualidade do ar por regiões.

Serão três níveis: regiões saturadas, em vias de saturação e não saturadas. As localidades pontuadas como saturadas serão, ainda, subdivididas em graus, sendo moderado, sério e severo.

A classificação contribui no planejamento urbano, evitando que empreendimentos que causem grandes impactos ambientais sejam licenciados para atuar em locais onde a qualidade do ar já se encontra comprometida.

A gerente da divisão de qualidade do ar da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, Cetesb, Maria Helena Martins, explicou que as definições foram baseadas nas medições de saturação dos últimos três anos e as empresas que se instalarem em regiões saturadas deverão compensar suas emissões.

Os dados obtidos com a medição serão integrados ao Relatório Anual de Qualidade do Ar. Os conselheiros apontaram como diferencial do relatório a inclusão de artigos analíticos de autoria de profissionais do Núcleo deEconomia Socioambiental da Universidade de São Paulo, NESSA/USP. São textos sobre descarbonização da economia, matriz energética, qualidade ambiental e desafios do estado. Fonte: Ambiente Brasil

Related Posts with Thumbnails