9 de abr de 2010

Moradia sustentável é tema de concurso de projetos da Cdhu e IAB/SP


Concurso de projetos, destinado a identificar novas alternativas para moradias, projetadas com recursos de sustentabilidade ambiental e de acessibilidade acaba de ser lançado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (Cdhu) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-SP).

Para a participação no Concurso Nacional de Arquitetura de Novas Tipologias para Habitação Sustentável de Interesse Social, os projetos devem ter por base os conceitos do Desenho Universal adotados pela Cdhu para a construção de moradias.

Serão premiados os trabalhos que apresentarem, segundo a comissão julgadora, as melhores soluções de acessibilidade e de sustentabilidade; as melhores técnicas; os menores preços e prazos de execução (nada fácil!).

Os projetos devem prever, entre outros requisitos, o aquecimento solar e a urbanidade para atender públicos de qualquer faixa etária e condição de mobilidade. O concurso tem seis categorias: casas térreas; casas escalonadas; sobrados; edifícios de três pavimentos; edifícios de quatro e cinco pavimentos; e edifícios de seis e sete pavimentos.

Os projetos devem prever espaços públicos e privativos que possam ser utilizados por pessoas em qualquer condição e estágio da vida. A habitação deve acolher crianças, idosos, gestantes, obesos, pessoas com deficiência ou com dificuldade de locomoção.

O primeiro colocado de cada grupo de tipologia receberá prêmio no valor de R$ 50 mil. O segundo colocado de cada grupo ganhará R$ 20 mil. Após o concurso, a Cdhu pretende utilizar os projetos vencedores para construção de moradias de interesse social.

Serviço - Concurso Nacional de Arquitetura de Novas Tipologias para Habitação Sustentável de Interesse Social, inscrições abertas até 16 de julho, pelo site do IAB/SP (www.iabsp.org.br). Entrega dos trabalhos até o dia 18 de agosto (2010).


Related Posts with Thumbnails